Meghan enfurece realeza ao quebrar a regra mais importante da família durante estadia na Irlanda

Por Wellington Botelho

Os duques de Sussex, príncipe Harry e Meghan Markle, visitaram a Irlanda nesta semana durante a primeira viagem internacional depois de casados.

E tudo corria perfeitamente, até quando uma deputada irlandesa gerou polêmica usando o nome Meghan.

Principe Harry Meghan Markle Dominic Lipinski/Pool via REUTERS

Durante um jantar organizado pelo embaixador britânico, Meghan conheceu a deputada Catherine Noone. As duas conversaram sobre aborto, que acaba de ser descriminalizado no país.

Animada com a conversa, a política publicou em suas redes sociais: "A duquesa e eu conversamos sobre o referendo, ela estava muito interessada e feliz com o resultado”.

Isso foi o suficiente para o tweet se tornar viral, e a controvérsia veio como consequência. Catherine apagou a publicação e fez outra postagem: "Ela parecia satisfeita, interessava-se pelo tema, mas de forma moderada, nada política".

Depois, ela emitiu outro esclarecimento: "uma pequena conversa e a duquesa não queria para comentar sobre isso. Como não entendeu o meu primeiro post, eu decidi excluir".

Desde o século XVII os membros da família real são proibidos de falar publicamente sobre política.

#meghanmarkle #duchessofsussex

A post shared by Meghan Markle (@meghanmarkle_duchess_) on

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo