Mulheres Alteradas ganha versão para o cinema que estreia hoje

Por Metro Jornal

Primeiro foram as tirinhas de jornal. Depois, os palcos de teatro. Agora é a vez de as crônicas da quadrinista argentina Maitena ganharem também os cinemas, a partir de hoje, com a adaptação de “Mulheres Alteradas” em um longa brasileiro.

As reflexões da escritora em torno das paranoias femininas contemporâneas se transformaram numa comé- dia dirigida e roteirizada por homens – no caso, Luis Pinheiro e o quadrinista Caco Galhardo, respectivamente.

Vemos na tela quatro mulheres precisando lidar com dilemas em diferentes fases da vida. Leandra (Maria Casadevall) tem 30 anos, é solteira e não aguenta mais ir para baladas. Sua irmã, Sônia (Monica Iozzi), quer fugir da rotina de mãe de dois filhos. A workaholic Marinati (Alessandra Negrini) se pega apaixonada em um momento crítico da carreira, e Keka (Deborah Secco) busca salvar seu casamento com uma viagem especial.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo