Cher conta que ela e Meryl Streep salvaram uma mulher de estupro

Por Metro Jornal

Quando a participação de Cher foi confirmada em "Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo", segunda parte do musical de sucesso, a comemoração foi geral. Afinal, não é todo dia que o cinema tem duas divas ao mesmo tempo em um único longa-metragem. Mas a relação de Cher e Meryl Streep, que vive Donna, protagonista do filme, tem lances espetaculares também fora das telonas.

Em entrevista a James Corden no "The Late Late Show", Cher contou um episódio tenso que viveu ao lado de Meryl nos anos 1980. Unidas, elas conseguiram até salvar uma mulher de uma situação extrema.

Segundo a atriz, que interpreta Ruby Sheridan, mãe de Donna na juventude (Lily James), ela e a amiga foram tomar um sorvete em Nova York quando se depararam com uma tentativa de estupro.

“Estávamos andando na rua e ouvimos um grito. Viramos a esquina e há esse homem enorme rasgando as roupas de uma mulher. Meryl e eu começamos a gritar e correr em direção ao homem. Ele vira e começa a vir na nossa direção até que passa por nós”, contou Cher.

A diva continuou. “Fomos até a garota e todas as suas roupas estavam rasgadas, então tentamos ajudar para não parecer que ela tinha sido violentada. Ela olhou para nós e disse: ‘Meu Deus, eu fui salva por Meryl Streep e Cher’”.

Que dupla!

Veja a entrevista abaixo (em inglês):

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo