Ricardo Darín se defende das acusações de ter maltratado duas atrizes argentinas

Por Metro Jornal

O ator argentino Ricardo Darín é o mais novo nome da indústria cinematográfica envolvido com acusações de abuso. Quem denunciou os supostos maus-tratos realizados por ele foram as também atrizes argentinas Valeria Bertuccelli e Érica Rivas.

"Estou chocado e devastado. Me colocaram no grupo dos indesejáveis. Dos que maltratam, são agressivos, violadores em série. Houve uma publicação americana que falou em 'Harvey Weinstein argentino"", disse o ator ao programa de TV "Los Ángeles de la mañana", de acordo com o jornal argentino "La Nación".

Leia mais:
Creed II: sequência estrelada por Michael B. Jordan e Stallone ganha trailer; veja
Príncipe Harry e duquesa Meghan Markle farão 1ª viagem internacional para a Irlanda

Segundo Darín, ele realmente teve desentendimentos com as duas atrizes, mas não entendeu "como as coisas aconteceram e se transformaram nessas denúncias".

"Já pedi desculpas, que não foram bem interpretadas. Na verdade, foram distorcidas. Estamos vivendo um momento difícil de muita hipersensibilidade com todos os movimentos dos direitos femininos, a lei do aborto, o movimento #NiUnaMenos (#NenhumaAMenos, em tradução livre)", afirmou o ator. "Tudo tende a pender para um determinado lado, e as histórias acabam sendo atreladas a episódios de violência de gênero, o que é um pouco perverso porque creio que não tenha nada a ver. É doloroso porque é muito difícil se defender quando tudo vai ser mal interpretado".

Na semana passada, Valeria Bertuccelli revelou para a imprensa que o artista a fez abandonar a peça "Escenas de la vida conyugal" em 2014, por supostos maus-tratos.

"Ele me tratou de uma maneira que não se trata uma colega de trabalho. Fiquei muito mal, cheguei a desmaiar. Muitas vezes coisas do gênero acontecem, e sempre busco resolvê-las da melhor maneira: conversando. Mas o que aconteceu foi gravíssimo", disse a atriz sobre Darín.

Poucos depois, foi a vez de Érica Rivas – que substituiu Bertucelli na peça com Darín – também quebrar o silêncio e falar sobre sua experiência. "Para mim foi muito triste. Quando fui maltratada por Ricardo, tanto profissional quanto pessoalmente, decidi rescindir o contato e ir fazer a obra na Espanha. E então a primeira coisa que me lembrei quando estava no meio de toda essa mer…foi de Valeria, e o que fiz foi chamá-la para pedir desculpas por não tê-la chamado antes".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo