Roseanne Barr culpa remédio por comentário racista e farmacêutica responsável dá resposta épica

Por Metro Jornal

Após o desastre ocasionado por seus comentários racistas, a atriz Roseanne Barr tentou justificar o comportamento agressivo no uso de um remédio. Mas a justificativa não foi aceita na internet e até a empresa farmacêutica responsável pelo medicamento deu uma resposta à altura a ex-protagonista de "Roseanne", que acaba de ser cancelada em consequência do escândalo.

A Sanofi, que produz o sedativo Ambien, veio a público depois que Roseanne afirmou que havia ingerido o remédio quando atacou Valerie Jarrett, conselheira do governo Barack Obama, no Twitter.

Em entrevista ao site TMZ, uma representante da Sanofi afirmou: "Mesmo que todos os tratamentos com remédio tenham efeitos colaterais, racismo não é um efeito colateral conhecido de qualquer dos medicamentos da Sanofi".

A empresa também reforçou: "Pessoas de todas as raças, religiões e nacionalidades trabalham na Sanofi todos os dias para melhorar as vidas de pessoas em todo o mundo".

 

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo