Morgan Freeman é acusado de assédio sexual por oito mulheres, diz emissora de TV

Por Metro Jornal

Oito mulheres acusaram o ator norte-americano Morgan Freeman de assédio sexual e comportamento inadequado, informou nesta quinta-feira (24) a emissora "CNN".

Segundo a rede de TV, uma jovem assistente de produção contou que em 2015 ela começou a trabalhar no início do filme "Despedida em Grande Estilo" (2017) e foi assediada pelo artista durante vários meses. Ele teria tocado a mulher em diversos momentos sem seu consentimento sendo que, em uma situação específica, ele "ficou tentando levantar sua saia e perguntando se ela estava de calcinha", o que a constrangeu muito.

Leia mais:
Ashley Judd processa Weinstein por difamação e assédio
Mariah Carey é acusada de assédio sexual por ex-empresária, afirma TMZ

Outra fonte que também fez revelações para a "CNN" foi uma mulher da equipe de produção do longa ""Truque de Mestre", realizada em 2012. Ela alegou que Freeman a assediava sexualmente a todo momento, fazendo comentários sobre seu corpo e também sobre o de sua assistente.

Além das oito mulheres que disseram ter sido vítimas do ator, outras oito revelaram à emissora que foram testemunhas do comportamento abusivo dele.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo