Leandro Ramos, o Julinho do Choque de Cultura, revela inspiração para personagem

Por Metro Jornal

Choque de Cultura consegue unir tudo que o jovem brasileiro gosta: humor, frases polêmicas, cultura pop e muitos (muitos!) memes. O programa do canal Omelete, produzido pela TV Quase, reúne comentários preciosos de Rogerinho do ingá (Caito Mainier), Renan da towner azul bebê (Daniel Furlan), Maurílio (Raul Chequer) e Julinho da van (Leandro Ramos), os maiores nomes do transporte alternativo do país.

Para a criação dos personagens, a inspiração pode surgir das coisas mais simples. "No lugar onde eu morava, tinha muita van, e é uma mistura disso com o meu pai. Meu pai tem um jeito de falar que é muito o do Julinho. A coisa do 'falo com tranquilidade' e tal, é tudo do meu pai", revela Leandro Ramos em entrevista para o Metro Jornal.

Leia mais:
MTV Miaw Brasil: confira a lista de premiados
MTV Miaw Brasil: confira os looks utilizados na noite
Kevinho comenta feminismo: ‘Mulher faz o que ela quiser’
Tá com o tamborzão da Kim Kardashian, diz Jojo Todynho à Anitta

Apesar do reconhecimento, parece que o sucesso não era assim tão esperado por seus protagonistas, como conta Ramos. "Por um engano, parece que deu certo. Mas a nossa intenção nunca foi fazer sucesso. A gente coleciona fracasso. Deu errado, e aí deu certo", afirmou.

Neste última quarta-feira (23), o grupo participou do MTV MIAW 2018 sendo indicado à categoria Vício do Ano. A premiação vai ao ar nesta quinta-feira (24), no canal MTV, às 22h.

Veja a entrevista:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo