Gwyneth Paltrow diz que Brad Pitt ameaçou matar Harvey Weinstein após episódio de assédio

Por Metro Jornal

Gwyneth Paltrow foi uma das atrizes que vieram à público em 2017 para relatar assédio do produtor Harvey Weinstein no início da sua carreira, nos anos 1990. Nessa época, em que lutava para ter espaço em Hollywood, ela namorava com Brad Pitt, já estabelecido no mercado. E ele demonstrou um apoio importantíssimo, como a atriz revelou em entrevista ao radialista Howard Stern.

Weinstein chamou Gwyneth para uma reunião em um quarto de hotel. Ela tinha 22 anos e revelou o ocorrido ao namorado. “Contei para ele na hora e eu estava bem abalada com toda a situação”, disse.

Mas foi só mais tarde, quando o casal encontrou o produtor em Nova York, que Pitt deu o troco.  Pegou Weinstein pelo colarinho e o encostou na parede. . “Ele disse: ‘Se você fizer ela se sentir desconfortável novamente, eu vou te matar’. Ou algo do tipo. Foi maravilhoso. Ele usou a fama e o poder dele para me proteger em um momento em que eu não tinha fama ou poder ainda”, afirmou.

Weinstein vive um ostracismo em Hollywood: foi afastado da própria produtora, expulso da Academia, entre outras punições indiretas. Ele também responde a processos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo