Ariana Grande abre o coração após ser culpada pela prisão do ex, Mac Miller: 'relacionamento tóxico'

Por Metro Jornal

Ariana Grande abriu o coração depois de ser indiretamente responsabilizada pela prisão do rapper Mac Miller, seu ex-namorado, que foi pego dirigindo alcoolizando. Nesta quarta-feira (23), ela respondeu longamente a um comentário no Twitter que lamentava a situação de Mac.

"Mac Miller acabando com seu carro e sendo preso após Ariana tê-lo largado por um outro cara quando ele se declarou em um álbum de dez canções é a coisa mais triste que está acontecendo em Hollywood"

Ariana respondeu:

"É absurdo você minimizar a autoestima feminina ao dizer que alguém deveria continuar em um relacionamento tóxico porque ele escreveu um álbum em sua homenagem, o que, a propósito não é o caso (só 'Cinderella' é a meu respeito). Não sou babá ou mãe e nenhuma mãe deveira sentir que elas precisam ser. Eu me importei com ele e tentei apoiar a sua sobriedade e orado por um equilíbrio há anos (e sempre irei, é claro). Mas culpar uma mulher pela falta de capacidade de um homem em manter a cabeça no lugar é um problemão. Claro que não compartilhei o quão difícil ou assustador foi enquanto estava acontecendo, mas foi. Eu continuarei a orar do fundo do meu coração para que ele se resolva e que qualquer outra mulher nesta posição também faça isso"

 

Os dois ficaram juntos por dois anos e terminaram no início deste mês. Mac, 26 anos, bateu com seu carro em um poste em San Fernando Valley, na Califórnia, na última quinta-feira . Ele estava com mais dois passageiros, que fugiram com ele a pé do local.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo