13 Reasons Why: criador revela que cena cruel foi baseada em histórias reais e é 'digna de ser contada'

Por Victória Bravo

Uma cena do último episódio da série “13 Reasons Why” tem causado muita polêmica nas redes sociais. Assim como na primeira temporada, uma agressão sexual é mostrada de forma explícita e brutal.

Esse texto contém spoilers!

A vítima dessa vez é o adolescente Tyler (Devin Druid), que logo depois do ataque chega ao colégio com um rifle para realizar um tiroteio em massa.

Nas redes sociais muitos julgaram a cena e até pediram para que as pessoas não a vissem. Contudo, o criador Brian Yorkey defendeu suas decisões criativas em uma entrevista à Entertainment Weekly.

“Entramos na pesquisa e descobrimos histórias e mais histórias de casos como este: histórias perturbadoramente semelhantes de atletas masculinos do ensino médio que estupraram meninos mais fracos com cabos de esfregão ou tacos de bilhar”, disse Yorkey. “O número de histórias que encontramos sobre isso foi assombroso e essas são apenas as que foram relatadas, e sabemos que a agressão sexual é muito pouco relatada”.

Yorkey e sua equipe defendem que a história de Tyler é “digna de ser contada”, apesar de ser perturbadora.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo