Em À Sombra de Duas Mulheres, Phillippe Garrel filma com adorável paixão

Por Estadão Conteúdo

O cinema autoral de Phillippe Garrel não corre o risco de se tornar repetitivo quando ele apresentar obras como "À Sombra de Duas Mulheres", que estreou nesta última quinta-feira (10). Seu olhar sobre as relações humanas apontam para detalhes que, se aparentes na primeira impressão, logo se tornam determinantes.

Aqui, Pierre e Manon formam um casal de documentaristas e, apesar de estar apaixonado por Manon, Pierre conhece Elizabeth, cai de amores por ela e deseja manter o relacionamento com as duas mulheres. Claro que não vai dar certo e, do desencontro, Garrel aproveita para mostrar como um triângulo amoroso pode ressaltar a equalização na libido de homens e mulheres.

Leia mais:
Documentário sobre Paulo José destaca importância da carreira do ator e diretor
A Noite do Jogo: Jason Bateman estrela filme que mescla comédia com thriller

Como já noticiou Rodrigo Fonseca, blogueiro do Estado, na visão do diretor, "ambos os sexos têm fome (e direitos) para desejar com quantidade e qualidade, apesar de a moral ocidental propor que só o macho da espécie tem licença para o cogito anticartesiano 'Cobiço, logo existo"". Fonseca arrisca dizer (e vários críticos concordam) que se trata do melhor longa de Garrel desde Amantes Constantes, de 2005.

O clima é reforçado ainda pela trilha sonora de Jean-Louis Aubert e a narração de Louis Garrel, filho do diretor. O curioso é que "À Sombra de Duas Mulheres" forma uma trilogia com "O Ciúme" e "O Amante de um Dia", este recentemente exibido nos cinemas brasileiros. "As três partes tratam, de forma geral, da sexualidade feminina", observou o crítico do Estado Luiz Zanin Oricchio. "E, em particular O Ciúme e À Sombra, que expressam uma carnalidade que antes não se encontrava no cinema de Garrel. Na crítica dos Cahiers du Cinéma, Stéphane Delorme a atribui à influência do corroteirista Jean-Claude Carrière, que, como todos sabem, escreveu vários filmes de Luis Buñuel." E completa: "Esse novo 'corpo' lhe dá uma densidade, sem perder a leveza que sempre teve".

Veja o trailer do filme:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo