Grey's Anatomy: 5 razões importantes para não matar April

Por Victória Bravo

Desde que foi lançado o trailer do episódio de “Grey's Anatomy”, que será transmitido hoje, descobrimos que April vai se envolver em um acidente e ficar em estado grave.

Já faz dias que encontramos teorias sobre a suposta morte da Dra. Kepner, que estão por toda a internet, mas uma dúvida permanece no ar: seria mesmo uma boa decisão matar essa personagem?

Confira cinco motivos importantes para não matar April:

1. Ela demorou, mas nos conquistou

Você poderia até odiar a santa April no começo ou simplesmente não conseguir sentir nada por ela. Contudo, April cresceu, melhorou, criou coragem e conseguiu o amor dos fãs por isso.

2. Ela trabalhou duro

April Kepner não deveria morrer porque sempre trabalhou duro e não recebeu nada de mão beijada. Hunt deu a ela uma segunda chance, mas porque ela merecia. Seu objetivo era se tornar uma das melhores cirurgiãs de Seattle e ela conseguiu.

3. Ela é uma mulher forte

April sobreviveu à morte de um filho, superou uma cesariana arriscada e salvou vidas na guerra. Mas ela não demonstrou sempre essa coragem toda e, inclusive entrou na série como a mocinha do interior tímida e insegura. Essa personagem mostra que todas nós podemos ser mulheres fortes.

4. Ela não desiste

April não desistiu nem quando toda a sua vida e suas crenças começaram a cair sob seus pés. Ela mergulhou no abismo da dúvida cheio de disputas internas, mas lentamente conseguiu retornar à superfície e voltou a acreditar em si e no que é importante para ela.

5. Ela é uma super-mãe

Ela não deveria nos deixar justo na semana das mães. April é um exemplo para todas aquelas mulheres que perderam um filho e não sabem como continuar suas vidas.

Ela é um exemplo para as mães solo e nunca ninguém vai esquecer seu parto, um dos mais loucos da série que acabou sendo feito na mesa da cozinha da casa de Meredith, pelo novato Ben Warren.

Já que April vai dizer adeus de todas as formas, ela merece futuro hipotético positivo!

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo