Alerta de Spoiler! Irmãos Russo culpam Thor pelo final de 'Vingadores: Guerra Infinita'

Por Victória Bravo

Em “Vingadores: Guerra Infinita” cada personagem tinha sua própria missão e seu papel na luta contra Thanos. Se tudo tivesse funcionado exatamente como deveria, talvez não tivéssemos visto uma das maiores chacinas do cinema.

Se você também ficou procurando explicações para o resultado brutal do filme, os diretores Irmãos Russo acharam alguém para jogarmos a culpa: Thor e seu ego enorme.

Os dois explicaram que a última oportunidade de derrotar Thanos esteve nas mãos do super-herói e foi desperdiçada, afinal, se ele tivesse apontado a Stormbreaker para a cabeça do vilão o genocídio teria sido evitado.

“Eu diria que os fãs devem ficar zangados com o Thor, que decidiu apontar seu machado no peito de Thanos, em vez de sua cabeça”, disse Joe Russo em entrevista ao ComicBook.com.

Aparentemente, a decisão não foi casual, mas sim motivada pelo ego de Thor e sua sede de vingança pelo assassinato de Loki, Heimdall e do resto de seu povo.

“Thor queria lembrar Thanos que esta foi a sua vingança” pelas mortes causadas no início do filme. “Se ele tivesse realmente conseguido matar, se só tivesse feito isso… Mas esse é o tipo de escolhas feitas pelos personagens que sentem uma enorme dor por dentro”, acrescentou.

Joe não deixou a gente com essa bomba e saiu de fininho, ele também deu uma esperança e razão aos fãs: “Felizmente, o público vai aprender a se identificar com esses personagens, com seus erros, e pode crescer tanto quanto o personagem através das suas histórias”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo