Diana Krall encerra turnê brasileira neste sábado no Tom Brasil

Por Angela Correa

Considerada uma das divas contemporâneas do jazz, Diana Krall encerra sua turnê brasileira, neste fim de semana, no Tom Brasil.

Aos 53 anos e com 5 Grammys na bagagem, a cantora e pianista canadense apresenta o repertório seu disco mais recente, “Turn Up the Quiet”, lançado há um ano.

Refinado como todos os seus trabalhos anteriores, o 14º álbum da carreira da artista revisita alguns standards do jazz e da canção norte-americana, incluindo composições de Cole Porter, Mirt Gables, Irving Berlin Richard Rodgers e Johnny Mercer.

São faixas como “Blue Skies”, “Night and Day”, “L.O.V.E” ou “Like Someone In Love”, presentes em qualquer seleção de clássicos e que ganham um novo tom na interpretação de Diana.

O disco segue a linha romântica e leve, que também marca o show. O repertório, segundo a artista, é composto por músicas que ela pensava em reunir já há muito tempo, produzidas aqui por um parceiro querido, o vencedor do Grammy Tommy LiPuma, que morreu pouco antes do lançamento do disco.

Além das novas canções, o show deve ter música brasileira, que tem em Diana Krall uma fã confessa – ela já gravou Tom Jobim, João Gilberto e Ivan Lins, entre outros.

Diana tem público fiel em São Paulo, que esgotou rapidamente a apresentação de sábado, forçando a abertura de um show extra neste domingo, para o qual ainda restam ingressos disponíveis.

No Tom Brasil (r. Bragança Paulista, 1.281, Santo Amaro). Neste sábado, às 22h; dom., às 20h. De R$ 450 a R$ 800.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo