Polícia britânica inicia operação de segurança 1 mês antes de casamento do príncipe Harry

Por Reuters

A polícia de Windsor, onde o príncipe britânico Harry se casará com a atriz norte-americana Meghan Markle no mês que vem, disse nesta quinta-feira que iniciou uma das maiores operações de segurança de sua história para fazer com que o evento transcorra sem sobressaltos.

Harry, de 33 anos, e Markle, de 36, oficializarão a união em 19 de maio na Capela de São Jorge do Castelo de Windsor, lar da rainha Elizabeth, avó de Harry, que se destaca na cidade a cerca de 30 quilômetros de Londres.

Mais de 100 mil visitantes devem ir a Windsor para assistir ao casamento, e a polícia disse que barreiras para impedir ataques com veículos, patrulhas armadas e segurança semelhante à dos aeroportos serão utilizados para evitar qualquer incidente.

Cães farejadores de explosivos da polícia do vale do Tâmisa foram usados em buscas na cidade nesta quinta-feira, examinando caixas de correspondência, cabines telefônicas e fossos à procura de sinais de possíveis artefatos explosivos.

“Esta é uma grande operação para qualquer força policial, e uma das maiores em que trabalhei”, disse o coordenador de buscas policiais Andy Turner. “Nós, é claro, queremos que tudo corra tranquilamente”.

O Reino Unido está submetido ao segundo nível mais alto de ameaça, ‘grave’, o que significa que um ataque é considerado altamente provável. No ano passado houve cinco incidentes classificados como terrorismo que mataram 36 pessoas.

A polícia disse que lojas e edifícios serão revistados nos dias anteriores ao casamento. A Polícia dos Transportes britânica também informou que terá agentes bem visíveis e outros disfarçados em toda Londres e no sudeste inglês no dia da cerimônia, com unidades armadas em estações importantes.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo