Documentário revive vida e obra do maestro brasileiro Claudio Santoro

Por Metro Brasília

O maestro Claudio Santoro (1919-1989) foi um dos mais importantes músicos do país. Ele trabalhou com Vinícius de Moraes, gravou cerca de 130 álbuns e comandou a chegada da música instrumental a Brasília quando a capital havia sido recém-inaugurada.

Sua história, porém, se tornou desconhecida do público. É para resgatar a memória dessa figura que está em cartaz nos cinemas o documentário “Santoro – O Homem e Sua Música”, de John Howard Szwerman.

Leia mais:
Henry Cavill tira o bigode e brinca com seguidores: É difícil admitir, mas não é CGI
Petrobras e BNDES pulam fora e festival É Tudo Verdade terá edição enxuta em 2018

O filme é baseado em entrevistas que mostram não só o legado do músico, mas também sua vida pessoal, o casamento com a bailarina Gisele Santoro e seu envolvimento com o Partido Comunista.

Santoro abandonou uma carreira na Europa para fundar o curso de música na Universidade de Brasília e criar a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo