Ator Isaiah Washington acusa série Grey’s Anatomy e canal ABC de racismo

Por Metro Internacional

Mais de dez anos atrás, Isaiah Washington deixou a série Grey's Anatomy por alegados comentários homofóbicos, mas o ator agora atribuiu sua demissão a outras razões: ele disse que a produção da série e do canal são racistas.

O ator chegou até a terceira temporada da série de assuntos médicos em 2006. Washington, que interpretou o Dr. Preston Burke, teria tratado seu colega ator, George O'Malley na série, de forma ofensiva se referindo a sua homossexualidade.

Agora, mais de uma década depois, Washington está revivendo o caso. O site TMZ aponta que o polêmico ator nesta ocasião atribui sua rejeição a motivos racistas.

Ele explicou que foi demitido da série Gray's Anatomy depois de alguns comentários feitos contra ele por um executivo racista da ABC. Ele se refere a Howard Davine, vice-presidente executivo do canal.

De acordo com Washington, Shonda Rhimes, criadora e produtora da conhecida série, também está ciente do comportamento de Davine. Ele afirma que Shonda acredita que Davine deveria ser investigado por seu "comportamento racista e tendencioso".

O TMZ disse que tentou entrar em contato com Shonda, mas não recebeu resposta da roteirista.

Recentemente, Washington também fez uma polêmica declaração sobre o porte de armas nos Estados Unidos, depois do massacre em um colégio da Flórida no qual 17 pessoas morreram.

"Sou um cidadão que respeita a lei e é dono desta arma há 22 anos e que não prejudicou ninguém. Não me diga que eu deveria ser punido por ser um dono responsável de uma arma devido ao comportamento de um assassino maluco. A segunda emenda é minha e você não pode tirar isso de mim", disse ele em sua conta no Twitter.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo