Trajetória de Marielle Franco vai virar filme

Por Metro Jornal

A história de vida da socióloga e vereadora Marielle Franco(PSOL), que foi brutalmente assassinada no Rio de Janeiro no dia 14 de março, será contada nos cinemas.

A ideia é da produtora Paula Barreto que conversou com o jornal "O Globo" explicando que o longa tem como objetivo ajudar a manter a memória de Marielle, já que sua trajetória tem sido alvo constante de notícias falsas nas redes sociais.

Leia mais:
Perfil de Marielle no Instagram publica foto de ato que reuniu milhares no Rio
Viola Davis se manifesta sobre o assassinato de Marielle Franco

Segundo Barreto, a produção vai acompanhar a vereadora desde sua origem na favela até se tornar um símbolo da luta pelos direitos sociais das minorias.

Ainda não há data de previsão para estreia do filme, mas já existem nomes cotados para a concepção do roteiro – João Paulo Reys e Flavia Guimarães – e também para a trilha musical, que ficaria a cargo de Jorge Mautner.

“Queremos contar onde ela foi criada, a influência da Maré nela e como se transformou nessa líder que perdemos. O que importa, agora, são os seus ideais. Fiquei assustada quando entrei no Facebook e vi a quantidade de haters. Muita gente a denegrindo, sem saber se as informações são verdadeiras ou não. As pessoas não se preocupam em saber de onde vem a notícia. Há milhares de Marielles no Brasil, precisamos contar essa história”, afirmou a produtora ao jornal.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo