Ex-Miss Bumbum acusa Cristiano Ronaldo de assédio e move ação contra o craque

Por Metro Jornal

A modelo brasileira Érika Canela, eleita Miss Bumbum em 2016, afirmou ao jornal britânico The Sun que pretende entrar com um processo contra o craque português Cristiano Ronaldo por assédio sexual.

Segundo Érika, que tem feito carreira no exterior, eles tiveram um caso que terminou depois que ela soube que tinha namorada. A ação teria sido motivada por agressões verbais que sofreu, mas, na entrevista que concedeu ao The Sun, não ficou claro se foi o próprio Cristiano que a acusou, já que ela as ameaças chegaram por mensagem.

Érika Canela Miss Bumbum 2016 Reprodução/Facebook

"Me chamaram de prostituta e disseram que estragariam minha vida. Eu não sei se eles eram dele ou outra pessoa. Eu parei de comer, não consegui dormir e não queria sair mais", afirmou Érika, 26 anos.

Nos dois meses em que o romance durou, Cristiano Ronaldo manteve a modelo, que foi capa da Playboy portuguesa, em suas casas em Madri e Lisboa.

O atacante do Real Madrid não respondeu diretamente à acusação, mas deu uma indireta. "Não tentem apagar o momento bonito que estou vivendo com notícias falsas!!! A vida é bela. Abençoado".

Veja abaixo a selfie:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo