MasterChef Brasil volta ainda mais tenso e apetitoso em sua quinta temporada

Por Metro Jornal

Com uma cozinha e um troféu repaginados, o “MasterChef Brasil” estreou nesta última terça-feira (6), na Band, sua quinta temporada com competidores amadores.

No primeiro episódio, 38 aspirantes ao título iniciaram os duelos diretos pelos famosos 21 aventais que garantem a participação no talent show culinário. Eles fazem parte dos mais de 30 mil inscritos para esse novo ano do programa.

Leia mais:
MasterChef: conheça os motivos que levam as pessoas a assistirem ao programa
MasterChef: A temporada está eletrizante, conta Ana Paula Padrão
MasterChef Brasil: As provas estarão muito mais desafiadoras, garante Fogaça

De vários lugares do Brasil e do mundo – tinha uma mulher da Coreia do Sul e outra de Cabo Verde, na África -, os cozinheiros precisaram de muita técnica e criatividade para cozinhar e outro tanto de calma para lidar com a avaliação rígida dos jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin.

O primeiro a ganhar o avental foi o técnico de basquete paulistano Dalvio, que agradou aos chefs no duelo da massa fresca.

O próximo a ficar com a vaga foi o policial militar carioca Thiago que apresentou um risoto mais saboroso do que o de sua competidora Tâmara que, entre outras dificuldades, cortou a mão com a faca e deixou todo mundo ansioso.

O terceiro avental foi para Vinicius e sua caprichada sobremesa feita com maçã.

A quarta vaga contou com um duelo internacional do frango e foi vencida pela africana Crisleine, que disputou com a coreana Yulia.

O maranhense Aristeu se deu melhor na competição de comida típica nordestina e também garantiu o cobiçado avental.

A sexta disputa teve como vencedor o descendente de alemães Rui, que apresentou um schnitzel mais saboroso para os chefs.

A vaga seguinte foi conquistada por Kauê e seu prato inspirado na temperada cozinha árabe.

Quem levou o oitavo avental depois do duelo da carne vermelha foi o Carlos, que caprichou no prato.

A nona disputa contou com duas mineiras tentando provar qual era o melhor pão de queijo e quem levou foi a Katleen.

A última vaga do episódio veio da disputa do churrasco que contou com a presença do gaúcho Césare, mas que foi vencida pelo padre paulista Evandro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo