Mordomo de Diana relata os últimos momentos de vida da princesa

Por Metro Jornal

Paul Burrell, conhecido por ser o mordomo da princesa Diana por dez anos, contou, aos prantos, como foram os últimos momentos de vida da mãe de Harry e William.

Leia mais:
Atriz de ‘Game of Thrones’ pode interpretar princesa Diana em ‘The Crown’
Harry diz que Diana e Meghan teria sido grandes amigas se tivessem se conhecido

O "desabafo" ocorreu em um episódio da versão australiana do reality show "I'm a Celebrity" exibido nos últimos dias.

Segundo Burrell, que chegou a escrever um livro sobre seu trabalho chamado "A Royal Duty", ele estava com a princesa em Paris e chegou ao local onde ela morreu pouco após o desastre de carro que a vitimou.

"Quando ela morreu, eu me sentei ao lado dela. Segurei sua mão e pedi que ela acordasse. 'Acorde, acorde, você não morreu, não é? Você está viva e brincando comigo"", afirmou.

"Ela não abriu os olhos e eu disse: 'por que você me deixou aqui? Por que você não me levou com você? Meu papel é cuidar de você"", afirmou, chorando muito.

Burrell reafirma ter mantido uma relação de amizade muito próxima com Diana e que a morte trágica, em 1997, ainda o afeta. "Eu percebi que eu tinha que tomar conta do que ela deixou para trás. Eu tinha que cuidar do mundo dela e das pessoas dentro desse mundo", afirmou.

livro princesa Diana Paul Burrell Getty Images
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo