Que Brasil você quer para o futuro? Público dá respostas inesperadas à questão do Jornal Nacional

Por Metro Jornal

Desde o início do ano, os telejornais da Globo têm questionado: "Que Brasil você quer para o futuro?". Por isso, âncoras e repórteres da emissora se empenharam em demonstrar a maneira correta com que o público deve gravar os vídeos respondendo à pergunta: com o celular na horizontal e exibindo uma parte bonita de suas cidades.

Na edição do "Jornal Nacional" da última terça-feira (24), porém, alguns vídeos colocados no ar demonstraram que o público está disposto a mudar as regras da participação: mostrando as mazelas de onde vivem, em um tom longe do positivo que a proposta parecia ter.

Sérgio, morador de São João do Meriti, no Rio de Janeiro, gravou seu vídeo em frente a um lixão. “Eu quero um Brasil sem covardia, sem sofrimento e sem miséria”, falou.

Já o mineiro José Júlio classificou o asfalto de Minas Novas, onde mora, como "colado com cuspe". “Não quero mostrar beleza, não.  Eu quero um país onde o dinheiro não fique jogado fora, fazendo esse asfalto colado de cuspe, porque isso daqui está uma vergonha”, reclamou.

William Bonner contemporizou: “Teve gente que fez selfie de um lugar bonito da cidade. Teve gente que mandou vídeo de lugar que teve problema… Tá valendo. Quem manda o vídeo é você. Mas com a câmera assim, ó. Na horizontal”, insistiu.

 

Veja abaixo (a partir de 38):

https://www.youtube.com/watch?v=PVjSM8wph0Y

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo