Dustin Hoffman é acusado por mais 3 mulheres de má conduta sexual, diz Variety

Por Reuters

Mais três mulheres acusaram Dustin Hoffman, ator vencedor do Oscar, de má conduta sexual, informou nesta quinta-feira a Variety, revista especializada em Hollywood, elevando para seis o número de pessoas que o denunciam por comportamento indevido décadas atrás.

A Variety relatou que duas das mulheres disseram que Hoffman as agrediu sexualmente em 1987. Uma terceira mulher disse que ele se expôs a ela em 1980, quando ela tinha 16 anos, e pediu uma massagem nos pés, segundo a reportagem da revista, na qual duas mulheres falaram abertamente e uma terceira não foi identificada.

De acordo com a Variety, o advogado de Hoffman, Mark Neubauer, disse que as acusações são “falsidades difamatórias”.

Nem Neubauer nem o representante de Hoffman responderam de imediato a pedidos de comentário na quinta-feira. A Reuters não conseguiu confirmar as acusações de maneira independente.

Três outras mulheres vieram a público nas últimas seis semanas acusando o ator de atos de assédio sexual que afirmaram ter ocorrido mais de 30 anos atrás.

Hoffman divulgou um pedido de desculpas à primeira delas, que foi estagiária no set do filme de televisão “A Morte do Caixeiro Viajante”, de 1985. Em um comunicado divulgado em 1º de novembro, ele disse que o comportamento descrito pelas mulheres “não reflete quem eu sou”.

Hoffman recebeu Oscars por seus papéis em “Rain Man” e “Kramer vs. Kramer.” Ele não quis comentar as outras acusações.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo