Criador de Deadpool diz não se preocupar com filmes do personagem na Disney

Por Metro Jornal

Com o anúncio de que a Disney comprou a Fox, nesta última quinta-feira (14), muitos fãs de Deadpool ficaram questionando se haveria uma possível intromissão no conteúdo dos próximos filmes do anti-herói da Marvel.

No entanto, o criador do personagem, Rob Liefeld, afirmou não ter ficado preocupado já que o CEO da Disney, Bob Iger, confirmou que não vai mudar a fórmula usada em Deadpool, que pede classificação para maiores de 18 anos.

"Bob Iger não entregou este nível de sucesso histórico para a Disney por acidente. Este homem entende. Ele compreende a cultura e, mais importante, ele entende a preocupação dos fãs. Falar sobre a questão do Deadpool logo de cara foi importante e, honestamente, por que eles iriam querer mexer com o sucesso que Ryan Reynolds conseguiu como Deadpool? A próxima pessoa que eu encontrar que me falar que querem uma versão mais leve do Deadpool do Ryan vai ser a primeira pessoa a me dizer isso. Então foi esperto o Iger criar essa base de confiança e eu, pessoalmente, fico grato. Isso definitivamente aliviou a preocupação dos fãs de Deadpool", declarou Liefeld em entrevista ao Comic Book.

Leia mais:
Gary Oldman gastou 20 mil dólares em charutos para interpretar Winston Churchill
Will Smith estreia no Instagram e já conta com um milhão de seguidores

"Deadpool 2" está previsto para chegar aos cinemas em 1º de junho de 2018. O filme vai continuar contando as aventuras do mercenário Wade Wilson.

Além de Ryan Reynolds, que vive o protagonista, também estão confirmados Josh Brolin, Zazie Beetz, Morena Baccarin, Leslie Uggams, Stefan Kapacic, Brianna Hildebrand, Jack Kelsey, Shioli Kutsuna e Julian Dennison. A direção é de David Leitch.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo