Morre Roberto Bolaños, o criador de "Chaves" e "Chapolin"

Por Tercio Braga
Roberto Bolaños ficou conhecido no Brasil como o intérprete de Roberto Bolaños ficou conhecido no Brasil como o intérprete de ‘Chaves’ | Luis Acosta/AFP

Morreu nesta sexta-feira, dia 28, Roberto Gomez Bolaños aos 85 anos. O ator ficou mundialmente conhecido por interpretar o personagem Chaves e Chapolin.

Bolaños não podia mais sair de casa em Cancún, no México, devido ao seu estado de saúde delicado. As informações são do site do canal mexicano Televisa.

“Roberto não se vai. Permanece em meu coração e no coração de tantos outros que fez feliz. Adeus, Chaves. Até sempre”, escreveu Edgar Vivar – intérprete do Seu Barriga – em seu Twitter ao saber da notícia.

O ator Bolaños nasceu em 21 de fevereiro de 1929, na Cidade do México, capital do país. Filho de Francisco Gomez Linares e Elsa Bolaños Cacho, foi o segundo de três irmãos. Sua mãe teve de criar os três filhos sozinho, já que o marido morreu quando todos eram pequenos.

Antes de dedicar-se as artes cênicas, ele cursou faculdade de engenharia na Universidade Nacional Autônoma e México, mas nunca exerceu a profissão. Também tentou a vida como lutador de boxe. Aos 20 anos, começou a trabalhar com criação publicitária e a escrever diversos roteiros para programas de TV.

Em 1968 conheceu Ramon Valdez, Ruben Agurire, Florida Mesa, Carlos Villagran, Angelines Fernandez, Edgar Vivar e Maria Antonieta de las Nieves. Este grupo viria acompanhá-lo na televisão durante os próximos anos. Em 1970, nasceu o show “Chespirito”, onde estrearam os dois personagens Chaves e Chapolin Colorado. Posteriormente, cada um ganhou um seriado semanal.

Chapolin Colorado

Chaves

Seleção Mexicana lamenta morte de Roberto Bolaños

Após a morte de Roberto Gomez Bolaños ser confirmada pelo site do canal mexicano Televisa, muitos fãs lamentaram nas redes sociais, inclusive o Twitter oficial da Seleção Mexicana de Futebol.

“Seu legado estará sempre conosco. Descanse em paz, Roberto Gómes Bolaños. #OrgulhoTricolor”, escreveu.

Bolaños tinha uma relação estreita com o esporte

Em toda sua obra, Roberto Gómez Bolaños, que ficou conhecido por ser o interprete de Chaves e Chapolim na televisão, deixou bastante claro sua paixão pelos esportes. Inúmeros foram os episódios dos dois seriados em que havia alguma referência a uma modalidade esportiva, e claro, ao futebol em especial.

Mas não foi apenas com seus dois personagens mais famosos que ele deixou registrado sua paixão pelo esporte. É ele quem assina o roteiro do filme “El Chanfle”, em que vivia um roupeiro do América, seu clube de coração. Como de costume, ele vive se metendo em confusões. Mais tarde, houve uma sequência do filme.

Com seus personagens mais famosos, um episódio bastante lembrado é o “Vamos ao Cinema”. Nele, toda a turma da Vila do Chaves vai junto ao cinema, quando o garoto que vivia em um barril solta uma de suas mais famosas frases: “Era melhor ter ido ver o filme do Pelé”. Na versão original, em espanhol, é ao “El Chanfle” que Chaves se refere.

Em diversos episódios, Chaves e Quico brincavam de jogar futebol. Em um deles “Gol da Florinda”, alguns são citados: o zagueiro Luís Pereira, que jogou no Palmeiras, e os goleiros Barbiroto, Rodolfo Rodríguez, João Marcos, Gilmar e Paulo Victor.

Assim como na esquete do cinema, os nomes do jogadores foram trocados em relação ao original, que eram os mexicanos: Enrique Borja, ex-atacante do América, e os goleiros “Cuáte” Calderón, “Pichojos” Pérez, “Hálcon” Peña, “Coruña” Chavarría e “Gato” Marín.

Outros esportes também foram lembrados por Bolaños em sua obra. Há um episódio intitulado “O Futebol Americano”, em que o Professor Girafales tenta ensinar o esporte aos seus aluno em um terreno baldio. Nas paredes das ruas, era possível ver mensagens de apoio a alguns clube de futebol.

Na casa do personagem Seu Madruga, havia nas paredes diversas flâmulas de futebol, a maioria do Necaxa, time para qual Ramon Valdez, intérprete do personagem, era torcedor ferrenho.

Assista a parte do filme em que Chanfle sonha em ser um jogador de futebol:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo