Polêmica, ‘A Era de Ultron’ bagunça o Universo Marvel

Por Caio Cuccino Teixeira
Gavião Arqueiro e Homem-Aranha sobrevivem ao ataque de Ultron  | Divulgação Gavião Arqueiro e Homem-Aranha sobrevivem ao ataque de Ultron | Divulgação

Uma das HQs mais polêmicas entre os fãs de heróis acaba de chegar ao Brasil. Lançada ano passado nos Estados Unidos, a minissérie “A Era de Ultron” causou comoção ao deixar o Universo Marvel ainda mais bagunçado do que ele já é.

Explica-se: os dez volumes da história investem em viagens no tempo que mexem com marcos históricos das dezenas de personagens criados pela gigante dos quadrinhos.

Roteirizada por Brian Michael Bendis e desenhada por Bryan Hitch, “A Era de Ultron” (Panini, R$ 7,20) começa com uma Nova York totalmente destruída e o Gavião Arqueiro resgatando o Homem-Aranha. A maior parte dos heróis partiu dessa para a melhor e os que restaram estão de mãos atadas, sem saber o que fazer. Afinal, o cenário é de fim do mundo. A ameaça da vez é Ultron, um robô com inteligência artificial criado por Hank Pym (o Homem-Formiga) e que, ao que tudo indica, sai do controle.

Publicada pela Panini, a edição de estreia reúne os dois primeiros volumes da série, que, apesar do título, não terá nada a ver com a sequência do filme “Os Vingadores”, também batizada como “A Era de Ultron”.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo