Filme "Batman vs Superman" tem estreia adiada em 10 meses

Por Tercio Braga
Trama pode ter vilão que matou o Superman nos quadrinhos | Divulgação Trama pode ter vilão que matou o Superman nos quadrinhos | Divulgação

Os fãs dos super-heróis terão de esperar o duelo no filme “Batman vs Superman” por cerca de mais 10 meses além do previsto. O longa, que estrearia no ano que vem, terá seu lançamento adiado para 2016. A extensão da data ocorreu para permitir que os cineastas tenham tempo de trabalhar na ”natureza da história”.

”Nós sabemos que está se gerando muita expectativa em relação ao próximo filme de super-herói do [diretor] Zack Snyder, e nós estamos igualmente ansiosos para ver o que ele tem guardado para Superman e Batman quando eles forem dividir a telona pela primeira vez”, afirmou um porta-voz da Warner Bros. ao site “Total Film”.

A trama, que será protagonizada pelos atores Henry Cavill e Ben Affleck, chegará às telas do cinema no dia 6 de maio de 2016. Além dos dois astros, que já têm presença garantida no filme, Jason Momoa também vem negociando um papel no longa e, ao que tudo indica, poderá encarnar o maldoso Doomsday (Apocalypse, no Brasil), que mata o Superman em sua série de histórias em quadrinhos.

Mesmo com os rumores de que será um dos vilões, Momoa pode acabar na pele de Martian Manhunter (Jon Jones, o Caçador de Marte), um alienígena que age de forma aliada aos super-heróis.

Ben Affleck, por sua vez, admitiu ter se arrependimento de sua participação na produção “Demolidor – O Homem sem Medo” – decepção das bilheterias em 2003 – , após receber críticas ao ser escalado para a interpretação de Batman.

”O único filme que eu realmente me arrependo de ter feito foi Demolidor – O Homem sem Medo. Eu amo aquela história, o personagem, e é fato que foi f***** o jeito que ficou comigo. Talvez essa seja parte da minha motivação para fazer Batman”, disse em entrevista à revista “Playboy”.

O ator aproveitou para prometer que o super-herói da vez será superior. ”Se eu achasse que o resultado seria outro em ‘Demolidor – O Homem sem Medo’, eu estaria lá fora protestando contra mim mesmo. Por que eu faria um filme se eu não achasse que seria muito bom e se não achasse que sou capaz de fazer direito?”, concluiu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo