Prepare os papéis que a declaração do Imposto de Renda vem aí

Por Metro Jornal

Já é hora de juntar comprovantes de pagamento e recibos para quem quer se organizar para a declaração do Imposto de Renda 2018. O calendário ainda não foi divulgado pela Receita Federal, mas a expectativa dos escritórios de contabilidade é que o programa esteja disponível a partir da próxima segunda e a largada para o envio comece nos primeiros dias de março.

As empresas têm até o fim do mês para liberar os informes de rendimento. Mas o restante dos comprovantes, como escola, gastos médicos, aluguéis e transações financeiras podem ser reunidos para a temporada de “pré-declaração”. “É importante que haja organização para não precisar de retificações mais adiante. Não adianta correr, entregar no início e lembrar só em abril de um documento. Esse contribuinte vai ficar para o último lote”, disse a coordenadora de tributos da Sage Brasil, Andréa Nicolini.

Ela conta que o erro mais comum é declarar dependentes, mas não informar os ganhos deles. “Se o filho tem um estágio, a remuneração precisa ser declarada. É o caso também da pensão alimentícia.”

Quanto aos prazos de entrega, Andréa explica que nem sempre é bom estar no primeiro lote. “A pessoa precisa pensar quando vai necessitar mais do dinheiro. Os lotes são corrigidos com base na Selic, rendimento maior que a poupança. Estar entre os últimos a receber pode ser vantagem.”

arte imposto de renda
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo