Desemprego na Região Metropolitana de SP cai para 17,2%, mostram Seade e Dieese

Por Estadão Conteúdo
Pedro Ventura / Agência Brasília
Desemprego na Região Metropolitana de SP cai para 17,2%, mostram Seade e Dieese

A taxa de desemprego na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) recuou 0,7 ponto porcentual na passagem de outubro para novembro, de 17,9% para 17,2%, segundo pesquisa realizada na região pela Fundação Seade e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A taxa de desemprego aberto recuou no mesmo período de 14,8% para 14,1% e a taxa de desemprego oculto manteve-se estável em 3,5% entre outubro e setembro.

Entende-se por desemprego aberto a taxa que congrega as pessoas que procuraram trabalho nos últimos 30 dias e não exerceram nenhum trabalho nos últimos sete dias anteriores à entrevista.

Já a taxa de desemprego oculto é aquela que abarca as pessoas cuja situação de desemprego está dissimulada pelo trabalho precário, o chamado bico, ou pelo desalento.

A população desempregada na RMSP em novembro foi estimada em 1,901 milhão de pessoas, o equivalente a 93 mil pessoas a menos que em outubro, de acordo com a Seade e o Dieese. "Esse resultado deveu-se à relativa estabilidade do nível de ocupação em novembro, com a criação de 9 mil postos de trabalho de outubro para novembro, com um crescimento de 0,1%."

O recuo do desemprego deveu-se também ao decréscimo de 0,8% da População Economicamente Ativa (PEA) em novembro pela saída de 84 mil pessoas da força de trabalho na região, numa queda de 0,8%.

Loading...
Revisa el siguiente artículo