Preços na internet caem pelo 11º mês consecutivo, mostra pesquisa

Por Estadão Conteúdo
Marcos Santos/USP Imagens
Preços na internet caem pelo 11º mês consecutivo, mostra pesquisa

Os preços do comércio eletrônico no País recuaram 4,31% em outubro na comparação com o mesmo período de 2016, décimo primeiro mês consecutivo de queda, de acordo com a medição do Índice Fipe Buscapé. Em relação a setembro de 2017, os preços registraram queda de 0,44%.

Dos dez grupos monitorados pelo índice, seis apresentaram redução em outubro. São eles: telefonia (-16,13%), fotografia (-7,84%), moda e acessórios, (-5,53%), eletrônicos (-0,54%), informática (-2,46) e esporte e lazer (-0,34%). Na contramão, registraram expansão nos preços: brinquedos e games (5,18%), cosméticos e perfumaria (1,24%), eletrodomésticos (1,57%) e casa e decoração (0,98%).

Por meio de nota, o Buscapé estimou que, considerando a Black Friday em novembro, data conhecida pelos expressivos descontos oferecidos pelo comércio eletrônico, a expectativa é que no mês se mantenha a tendência deflacionária e o ano de 2017 fique marcado por sucessivas quedas nos preços.

Ainda segundo o Buscapé, a cesta de produtos do e-commerce, por conta de sua composição e características, tende a ser deflacionária em condições ideais de mercado. A comparação é feita sempre dos mesmos produtos, que tendem à desvalorização com a disseminação da tecnologia, lançamento de um produto superior na mesma categoria ou troca de coleção e mostruário.

A inflação dos preços gerais, medida pelo IPCA, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi de 2,70% nos últimos 12 meses terminados em outubro, a menor taxa desde fevereiro de 1999, o que mostra que os preços do comércio eletrônico tiveram variação de negativa de 6,83% em relação aos preços gerais da economia.

Loading...
Revisa el siguiente artículo