2015 terá Selic máxima
de 11,25%, diz Banco Central

Por lyafichmann

Economistas de instituições financeiras veem cada vez menos aperto monetário no próximo ano, em meio ao cenário de atividade econômica cada vez mais fraca e inflação ainda elevada. Por conta disso, eles reduziram a perspectiva de aperto monetário em 2015 e passaram a ver a Selic em 11,25% no final do ano, sobre 11,5% até então, de acordo com Relatório Focus do BC (Banco Central) divulgado nesta segunda-feira.

Para o mercado, além de o governo reduzir a elevação da taxa de juros de 11,5% para 11,25%, a redução irá ocorrer somente em setembro de 2015. No relatório anterior, ela estava prevista para julho.

Isso significa que a Selic atual de 11% terá vida mais longa, com o objetivo de não desaquecer a economia mais do que já está.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo