Conta de luz terá bandeira tarifária a partir de 2015

Por lyafichmann

A implantação das bandeiras tarifárias na conta de luz dos consumidores do país está confirmada para começar em janeiro de 2015, disse nesta quarta-feira o diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), André Pepitone.

As bandeiras são o mecanismo que dará sinalização, na fatura de energia do consumidor, se o custo da eletricidade estará mais alto ou mais baixo no mês seguinte, de acordo com as condições da geração de eletricidade.

Todas as distribuidoras terão de incluir na conta de luz o desenho de uma bandeirinha verde, amarela ou vermelha. A bandeira verde significa que a tarifa (valor do kWh) do mês seguinte será a mesma. Já a bandeira amarela significa que poderá haver um acréscimo de até R$ 1,50 para cada 100 kWh consumidos. E a bandeira vermelha informa que o acréscimo poderá ser de até R$ 3 para cada 100 kWh consumidos.

Com a medida, o consumidor terá uma noção mais clara sobre o custo da energia, podendo optar por economizar em momentos em que ela estiver mais cara.

Os custos extras com geração de energia mais cara passam a ser repassados mensalmente na conta de energia dos consumidores, dando um alívio para as despesas de curto prazo das distribuidoras.

O mecanismo, que estava previsto para entrar em operação no início deste ano, teve a implantação adiada para 2015, já que algumas distribuidoras pediram mais tempo à Aneel para adaptar os sistemas operacionais necessários à aplicação da medida.

Votação

A Aneel ainda tem que aprovar detalhes operacionais da implantação das bandeiras, mas Pepitone afirmou que a data de início da aplicação em janeiro de 2015 está confirmada.

A intenção de Pepitone, que é relator do processo sobre detalhes operacionais das bandeiras tarifárias, é levar o tema para votação pela diretoria da Aneel ainda neste mês.

20140918_SP08_economia-de-energia-eletrica

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo