Governo federal prevê salário mínimo de R$ 788 em 2015

Por fabiosaraiva

O governo elevou para R$ 788,06 a previsão do salário mínimo para 2015. O valor é superior aos R$ 779,79 projetados em abril.

O novo piso consta no projeto de LOA (Lei Orçamentária Anual), enviado nesta quinta-feira ao Congresso. Essa foi única alteração em relação ao previsto em abril na proposta de LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Para que o valor do salário mínimo seja fixado oficialmente, a proposta ainda precisa ser aprovada, o que deve acontecer até o final do ano.

O mínimo previsto para 2015 é 8,8% superior ao piso nacional deste ano, de R$ 724. Pelas regras atuais, 2015 será o último ano em que se adotará a atual fórmula de correção, que considera a inflação do ano anterior, medida pelo INPC, e o crescimento do PIB de dois anos antes. Caberá ao próximo governo definir nova regra ou manter a atual.

A mudança na comparação com o estimado anteriormente é resultado da revisão para cima do crescimento de 2013 e de estimativa maior para inflação neste ano.

Em maio, a alta do PIB foi revisada de 2,3% para avanço de 2,5%. Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, as expectativas para o INPC para 2014 também subiram sobre o previsto em abril.

O governo manteve a expectativa de crescimento de 3% do PIB no próximo ano, bem acima das previsões de economistas, de 1,20%. Para justificar a visão mais otimista, Mantega disse que em 2015 o Brasil não enfrentará problemas decorrentes da seca e que espera uma melhora da economia mundial. “Vai haver mudança fundamental o cenário.”

20140829_SP20_Evolução-Salário-Mínimo

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo