Mercado aposta em alta da Selic às vésperas de reunião

Por Caio Cuccino Teixeira

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) se reúne a partir desta terça-feira para definir a taxa básica de juros, a Selic.

A aposta do mercado financeiro é de uma nova alta de 0,25 ponto percentual, para 11% ao ano. Na última reunião do Copom, em fevereiro, a taxa foi elevada na mesma medida, para 10,75%. A previsão apontada pelo Boletim Focus, divulgado na última semana pelo BC, é que a taxa feche 2014 a 11,25% e termine 2015 em 12% – projeções que se mantêm estáveis há três semanas.

A taxa Selic é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic), e serve de referência para as demais taxas de juros da economia.

Ao aumentar a Selic, o Copom busca conter a demanda aquecida, mas gera reflexos nos preços porque juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

E a expectativa por uma inflação acima do esperado tende a levar a um aumento mais forte daSelic. No caso dos juros futuros com vencimento em dois e três anos, as taxas estão entre 12% e 13%.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo