Inflação ‘do aluguel’ sobe 1,67% em março e tem maior alta em seis anos

Por Caio Cuccino Teixeira

O IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) teve alta de 1,67% em março. O resultado acumulado do indicador é usado como referência no reajuste de contratos de aluguel. O número do mês é o maior desde julho de 2008, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Puxada por uma alta agressiva nos preços no atacado do setor agropecuário e por alimentos mais caros no varejo, a elevação do IGP-M em março superou a expectativa de analistas do mercado financeiro, que flutuava entre 1,45% e 1,65%. Com a aceleração registrada no mês, o índice acumula alta de 2,55% no primeiro trimestre de 2014 e, em 12 meses, 7,30% de variação.

O IGP-M de março é também muito superior ao registrado no mesmo mês em 2013 (0,21%) e em fevereiro deste ano (0,38%).

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o IPA (Produtor Amplo) saltou de 0,27% em fevereiro para 2,20% em março, o IPC (Consumidor) passou de 0,70% para 0,82% e o INCC (Custo da Construção) saiu de 0,44% para 22%.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo