Bancos elevam taxas de juros para empréstimo e cheque especial

Por fabiosaraiva

Os bancos voltaram a elevar os juros cobrados no cheque especial e no empréstimo pessoal em março em relação ao mês anterior. A alta das taxas de juros ao consumidor acompanha a elevação da Selic. Em fevereiro, o Comitê de Política Monetária do Banco Central elevou a taxa básica de juros de 10,5% para 10,75% ao ano.

De acordo com pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP, a taxa média do cheque especial passou de 8,66% ao mês para 8,81%. Já a taxa média mensal de empréstimo pessoal subiu de 5,44% ao mês para 5,46% no mesmo período.

Das sete instituições financeiras que fazem parte da coleta, três elevaram suas taxas de empréstimo pessoal (Bradesco, Caixa Econômica e HSBC) e cinco aumentaram as taxas de cheque especial (Bradesco, Caixa Econômica, HSBC, Itaú e Santander).

Em relação ao empréstimo pessoal, a maior alta verificada foi no Banco HSBC, que elevou a taxa de 5,77% ao mês para 5,87%. Já no caso do cheque especial, o maior avanço foi verificado no Banco Bradesco, que alterou de 9,03% ao mês para 9,44%.

Os dados usados no levantamento se referem a taxas máximas prefixadas para clientes (pessoa física) não preferenciais, independente do canal de contratação. Para o cheque especial foi considerado o período de 30 dias. Já para o empréstimo pessoal, o prazo de contrato é de 12 meses.

20140319_SP08_compare

Loading...
Revisa el siguiente artículo