Nível de reservatórios precisa atingir 43% em abril, diz ONS

Por fabiosaraiva
Governo autoriza uso de térmica de Uruguaiana | Divulgação Governo autoriza uso de térmica de Uruguaiana | Divulgação

Para afastar o risco de desabastecimento de energia, o nível dos reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste devem atingir  43% da capacidade em abril, quando encerra o período chuvoso. A avaliação é do diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), Hermes Chipp

Os reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste, que representam 70% da energia gerada no país, estão hoje com 35,36% da sua capacidade. Segundo Chipp, o índice de 43% deve ser alcançado se os reservatórios receberem entre março e abril pelo menos 76% da quantidade média de água para o período.

O relatório referente ao apagão de energia ocorrido em 4 de fevereiro deve ser concluído até sexta, 21. Inicialmente, o ONS havia previsto a entrega do documento para hoje.

Para poupar água dos reservatórios, o governo autorizou o início do funcionamento da termelétrica de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, movida a gás natural liquefeito. A usina vai gerar 250 megawatts de energia nos meses de março e abril.

“É uma operação normal, geralmente é assim”, disse o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann. No ano passado, a usina também foi acionada, durante os meses de fevereiro e março.

Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o governo ainda não definiu aumento nos preços das tarifas de energia elétrica  para bancar o uso da energia das térmicas (mais cara).

“Não há razão para definir aumento de tarifa de energia agora”, afirmou ontem o ministro a jornalistas.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo