Consumidor deve arcar com energia, afirma Delfim Netto

Por Caio Cuccino Teixeira
Ex-ministro comentou o acionamento das termelétricas para poupar água | Divulgação Ex-ministro acredita que custo adicional com energia elétrica deve ser repassado ao consumidor | Divulgação

O governo tomará a decisão acertada se optar por repassar ao consumidor o custo extra com o acionamento adicional de usinas termelétricas. Esta é a opinião do ex-ministro da Fazenda Antônio Delfim Netto, consultor da Rádio Bandeirantes.

Conforme o economista, a decisão de dividir igualmente o custo adicional entre Tesouro e consumidores seria “a mais sensata”. “Nada mais justo do que distribuir os custos com quem consome energia”, afirma Delfim. Em sua opinião, os consumidores devem pagar por conta da ampliação da oferta que as termelétricas possibilitarão.

O ex-ministro acredita que está acontecendo agora a combinação de erros estratégicos do governo, como a redução na conta de luz, com problemas climáticos.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo