Com forte queda em dezembro, indústria cresce só 1,2% em 2013

Por Caio Cuccino Teixeira

A produção industrial brasileira encerrou 2013 com alta de 1,2%, mas registrou em dezembro o pior resultado mensal em cinco anos ao recuar 3,5%.

Apesar da alta representar o melhor desempenho desde 2010, o resultado do ano passado não foi suficiente para reverter a queda de 2,5% em 2012, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

“Encerramos 2013 com um patamar de produção equivalente ao do fim de 2009, quando a indústria ainda sentia os efeitos da crise do subprime”, disse o economista do IBGE André Macedo.

Entre as categorias de uso, o destaque do ano passado foi a dos Bens de Capital, uma medida de investimento, que mostrou alta de 13,3% no acumulado do ano.

Entretanto, somente em dezembro essa categoria teve uma queda de 11,6% ante novembro, a mais intensa desde janeiro de 2012 (-17,9%).

O resultado negativo de dezembro em Bens de Capital foi influenciado principalmente pela menor produção de caminhões, que contribuíram para uma queda de 17,5% nos veículos automotores em dezembro, em grande parte pela concessão de férias coletivas em várias empresas, segundo o IBGE.

desempenho-industria-arte


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo