Mais de 1,1 milhão de empregos foram criados em 2013, diz Caged

Por Caio Cuccino Teixeira
O emprego teve crescimento de 3,91%, com o acréscimo de 1.546.999 postos de trabalho formais / Marcelo Casal Jr/ ABr Serviços, comércio e construção civil foram os setores com maior aumento de empregos | Marcelo Casal Jr/ ABr

Segundo números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta terça-feira pelo Ministério do Trabalho, 1.117.171 de empregos formais foram criados em 2013. O resultado é inferior ao registrado em 2012, ano em que foram gerados 1.301.842 empregos.

No ano passado, a criação de postos de trabalho no setor de serviços aumentou 3,37%, o que equivale a 546.917 vagas, em comparação com o ano de 2012. No setor de comércio, houve crescimento de 3,36%, um acréscimo de mais 301.095 vagas e, na construção civil, de 3,44%, com mais 107.024 vagas. Serviços, comércio e construção civil foram os setores com maior aumento de postos de trabalho em valores relativos.

Na comparação entre dezembro do ano passado e dezembro de 2012, houve redução de 449.444 postos de trabalho. Segundo o Ministério do Trabalho, esse declínio aconteceu devido ao período de entressafra agrícola, ao fim do ciclo escolar e a fatores climáticos.

O ministro do Trabalho, Manoel Dias, se mostra otimista para 2014. Para ele, a melhora nos salários e aquecimento do mercado estimularão um maior consumo. Ele espera uma geração de empregos entre 1,4 e 1,5 milhão neste ano.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo