Brasileiro paga juros de 280,92% no crédito rotativo

Por Tercio Braga

O consumidor brasileiro paga em média um juro anual de 280,82% ao recorrer ao financiamento por meio do cartão de crédito, o chamado rotativo. Os juros cobrados nas modalidades do crédito rotativo são uma das causas do crescente endividamento dos brasileiros.

Segundo pesquisa feita pela Proteste em parceria com a FGV-SP (Fundação Getúlio Vargas) em dezembro, a taxa média  cobrada no país é a maior comparada a outros cinco países (Argentina, Chile, Colômbia, Peru, e México).

A taxa praticada no Brasil é 525% maior do que a do Peru, que é o segundo país com a maior taxa dentre os analisados. O menor percentual é da Colômbia, com 28,31% anual.

A pesquisa foi realizada com 60 cartões de crédito distribuídos por 11 instituições financeira no Brasil.  Segundo a Proteste, foram constatados juros de mais de 700% ao ano.

Caso o consumidor seja portador deste cartão com o rotativo acima de 700% ao ano tiver uma fatura no valor de R$ 500,00 e resolver pagar somente o mínimo (20% do valor total da fatura) e deixar rolar essa dívida por um ano, no fim desses doze meses, estará devendo mais de R$ 3 mil.

ranking-taxa-de-juros

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo