Indústria automobilística prevê crescimento modesto este ano

Por fabiosaraiva
Até o momento, foram vendidos 4 milhões de veículos | Folhapress Ritmo da  | Folhapress

O mercado de veículos novos no país deve permanecer aquecido em 2014 e a produção no setor poderá alcançar novo recorde, porém, o ritmo de crescimento tende a perder força.

A Anfavea, associação que representa as montadoras, estimam uma alta de 1,1% no total de licenciamentos de veículos novos nacionais e importados ante uma queda, em 2013, de 0,9%.

Na produção, a previsão é crescer 0,7%. Embora essa variação esteja abaixo dos 9,9% de crescimento em 2013, caso se confirme, a indústria fechará, novamente, o exercício com recorde  em fabricação. No ano passado, saíram das linhas de montagem 3,740 milhões de unidades, a maior marca da história do setor. Em 2012, o total foi 3,402 milhões.

Para Luiz Moan, presidente da Anfavea, o setor será afetado este ano pelo menor número de dias úteis em razão dos feriados e dos jogos da Copa do Mundo. “Nos últimos cinco anos, tivemos crescimento [vendas] de quase 15% na média, portanto, em 2013, tivemos um empate técnico”, disse Moan. Ele disse, no entanto, que a produção deverá bater novo recorde neste ano, informou a “Agência Brasil”.

Para ele, a gradual retirada do desconto do IPI não deve provocar impacto expressivo sobre a demanda, porque, além do crescimento da renda do brasileiro, o setor prevê a retomada na oferta de crédito este ano, com expansão esperada de 5%.

A expectativa é que as atividades entre em uma nova rota de crescimento a partir de 2015.

 

arte-carros

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo