Preço de imóvel aumenta 13,7% em 16 cidades, aponta Fipe

Por Tercio Braga

O preço médio anunciado para venda do metro quadrado de apartamentos em 16 cidades subiu 13,7% em 2013, segundo o Índice FipeZap Ampliado. A alta supera a inflação oficial prevista para todo o ano passado, de 5,7%. E a tendência é que isso se repita neste ano.

Segundo a economista da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) Priscila Fernandes Ribeiro, o aumento de preços em 2012 é resultado do mercado de trabalho ainda aquecido, com taxas de desemprego atingindo as mínimas históricas e o crescimento da renda da população. “Tivemos uma forte demanda por imóveis no curto prazo. E, por mais que se aumente a oferta, há um desequilíbrio no mercado”, diz.

Contribuíram ainda para a elevação de preços o cenário favorável para o crédito imobiliário, aliado a taxas de inadimplência baixas comparadas aos anos anteriores. “Por outro lado, também tivemos investimentos em infraestrutura em função dos eventos previstos para 2014, como a Copa. Isso favorece o aumento de preços”, afirma.

Para 2014, a tendência é que os preços cresçam em um ritmo próximo ao visto nos últimos dois anos, com altas acima da inflação, pelo menos no primeiro semestre. Apesar do aumento da taxa básica de juros, a economista avalia que as condições de mercado de trabalho devem continuar favoráveis. “Temos ainda os aportes feitos para Copa e eleições, que também devem estimular os investimentos em infraestrutura”, afirma.

Rio tem o m2 mais caro

Os valores médios do metro quadrado em dezembro ficaram entre R$ 9.937 (Rio de Janeiro) e R$ 3.820 (Vila Velha, no Espírito Santo). Em São Paulo, foi de R$ 7.815, e a média das 16 cidades pesquisadas foi de R$ 7.303. A menor variação foi registrada em Brasília, onde o preço médio subiu 4,2%.

As demais cidades tiveram aumentos  maiores que a inflação em 2013, com taxas variando entre 9,5%, em São Bernardo do Campo (ABC Paulista), e 37,3%, em Curitiba – a maior taxa.

imoveis-em-alta620

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo