Horário de verão segura o preço da conta de luz

Por Carolina Santos
O horário de verão representará uma economia de R$ 4,6 bilhões em investimentos | Marcello Casal Jr/ ABr O horário de verão representará uma economia de R$ 4,6 bilhões em investimentos | Marcello Casal Jr/ ABr

O governo federal afirmou, nesta quinta-feira, que o horário de verão vai segurar o preço da conta de luz.

De acordo com o governo, a medida deve gerar uma economia de R$ 400 milhões com a redução no uso de eletricidade.

Leia também:

Horário de verão evitará gasto de R$ 4,6 bilhões em energia

A mudança nos relógios vale para todos os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, onde deixarão de ser gastos 247 megawatts. O valor equivale a um terço do consumo da cidade de Brasília durante o período.

Segundo o secretário de energia elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Gritner, a medida segura o preço das tarifas. Neste ano, o Tocantins foi excluído da mudança.

Dez estados e o Distrito Federal terão o horário de verão vai até o dia 16 de fevereiro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo