Alimentos puxam a inflação na segunda semana de outubro

Por Carolina Santos
 Grupo alimentação passou de 0,41% para 0,63%| Stock.xchng Grupo alimentação passou de 0,41% para 0,63%| Stock.xchng

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) registrou variação de 0,45% na segunda semana deste mês, alta de 0,07 ponto percentual sobre o resultado anterior. A alta foi influenciada principalmente pelo grupo alimentação, que passou de 0,41% para 0,63%.

Segundo o levantamento, feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Fundação Getulio Vargas), cinco das oito classes de despesa que fazem parte do índice subiram. O grupo educação, leitura e recreação subiu de 0,11% para 0,32%, com destaque para a alta da passagem aérea (0,10% para 6,11%). O conjunto comunicação passou de 0,19% para 0,38%, com destaque para a elevação da tarifa de telefone móvel (-0,25% para 0,52%).

O grupo saúde e cuidados pessoais também registrou alta, passando de 0,44% para 0,47%, com destaque para os artigos de higiene e cuidado pessoal (0,47% para 0,75%). A classe de despesas diversas passou de 0,04% para 0,07%, com destaque para rações de animais domésticos (-0,09% para 0,52%)

Dois grupos apresentaram decréscimo: vestuário (de 1,05% para 0,91%) e transporte (de 0,07% para 0,06%). O grupo habitação ficou estável em 0,54%.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo