Seminário sobre investimentos aponta oportunidades no Brasil

Por Tercio Braga

O seminário The Brazil Infrastructure Opportunity, que visa atrair investidores para o Brasil, começou por volta de 10h desta quarta-feira em Nova York, nos Estados Unidos. João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação, que organiza o evento junto com o Metro Jornal e em parceria com o banco americano Goldman Sachs, falou sobre as boas relações do Brasil com seus vizinhos.

Veja também: 

Pimentel: Brasil é 3º ou 4º mercado consumidor de qualquer produto

Coutinho: agência de fundos reduzirá risco de futuros investidores

‘Vamos fazer reformas com o carro andando’, afirma Dilma

Tombini diz que reforma fiscal vai diminuir custo com mão de obra

Brasil tem demanda acumulada de investimentos, afirma Mantega

“O Brasil é um país estável, sem brigas religiosas ou conflitos étnicos. Sem brigas com nossos vizinhos”, ressaltou. Ainda de acordo com Saad, a partir de incentivos do governo, “viramos uma máquina com tecnologia de ponta, de última geração, de criar e produzir alimentos, com duas safras por ano”.

Entretanto, apesar de sermos atualmente a sétima economia, estamos em 129º em infraestrutura. “O Brasil está atrasado com sua infraestrutura e, tenho certeza, que os senhores poderão encontrar bons negócios”, disse aos presentes.

“Os senhores vão começar com [investimentos em] infraestrutura, mas vão se animar e investir em outras áreas”, garantiu o presidente do Grupo Bandeirantes.

O presidente do banco Goldman Sachs também ressaltou a oportunidade de investimentos no país. Gary Cohn disse que a instituição financeira tem diversos negócios no Brasil e frequentemente vem ao país a trabalho. Ele lembrou aos empresários que a “infraestrutura é uma pedra angular para todos os países” e uma boa área para se investir no mercado brasileiro.

Para Per Mikael Jensen, presidente do Metro Internacional, endossa a afirmação e diz que São Paulo é um dos melhores lugares para fazer negócios no mundo. Jensen afirmou que, no início da implantação da publicação no país, acreditava que seria difícil encontrar parceiros no Brasil, mas encontrou no Grupo Bandeirantes o apoio que precisava para isso.

O Metro Jornal é o maior do mundo, com mais de 35 mil leitores por dia. É também o maior do Brasil.

Ainda segundo o presidente do Metro Internacional, os investidores podem buscar, além de São Paulo, outros lugares para fazer negócios. Segundo Jensen, “o Brasil é um país seguro e com muitas possibilidades”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo