Correios pagam diferença para quem terminou greve

Por Carolina Santos

Os trabalhadores dos Correios que aceitaram a proposta de reajuste salarial de 8% oferecida pela empresa vão receber as diferenças do reajuste referentes aos meses de agosto e setembro até o dia 3 de outubro.

Eles são ligados aos sindicatos de São Paulo, Rio de Janeiro, Bauru, Rio Grande do Norte e Rondônia. Mas os profissionais ligados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares seguem em greve.

Segundo a empresa, os mais de 90% dos trabalhadores dos Correios que não aderiram à paralisação parcial e continuam em atividade terão as mesmas vantagens. Os Correios afirmam que 92% dos empregados estão trabalhando normalmente.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo