Oito em cada 10 caloteiros conseguem quitar dívidas

Por Carolina Santos

Oito em cada dez consumidores (84%) inadimplentes conseguem quitar as dívidas renegociando o valor diretamente com os bancos, segundo estudo encomendada pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito). Foram ouvidas 1.238 pessoas de todas as 27 capitais brasileiras entre os dias 24 de julho e primeiro de agosto.

Segundo o presidente da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), Roque Pellizzaro Junior, a portabilidade das dívidas, implementada no Brasil em abril do ano passado, incentivou o consumidor a transferir os débitos de um banco para o outro em busca de juros menores. “Para contornar a concorrência, os bancos estreitaram a relação com os clientes e desburocratizaram a negociação”, diz.

O estudo aponta que 46% dos consumidores inadimplentes tiveram os nomes incluídos em serviços de proteção ao crédito por atrasos referentes a cartões de crédito e 40% por financiamentos bancários. Quase a metade dos débitos, 45%, estão concentrados em valores entre R$ 1 mil e R$ 5 mil.

Captura-de-Tela-2013-08-27-às-20.32

Loading...
Revisa el siguiente artículo