Adiamento da estreia do novo iPad freia boom dos tablets

Por BAND
Novo iPad da Apple será lançado apenas no Outono do Hemisfério Norte | China Daily/Reuters Novo iPad da Apple será lançado apenas no Outono do Hemisfério Norte | China Daily/Reuters

O crescimento do mercado mundial de tablets desacelerou no segundo trimestre de 2013, segundo estimativas divulgadas nesta segunda-feira pela consultoria IDC, que o atribui ao adiamento até o outono (do hemisfério norte) do lançamento de um novo iPad pela Apple.

No segundo trimestre, 45,1 milhões de tablets foram vendidos em todo o mundo. Isso representa um aumento de 59,6% em um ano, após os 142,4% registrados no trimestre anterior. O grupo norte-americano Apple continua sendo o número um do mercado no segundo trimestre, mas suas vendas caíram mais que o previsto (14,1% em um ano, a 14,6 milhões de unidades) e sua participação no mercado passou de 60,3% a 32,4% no mesmo período.

Seu desempenho também foi muito inferior ao do primeiro trimestre, durante o qual vendeu 19,5 milhões de iPads e ainda tinha 39,6% do mercado. A IDC destaca em seu comunicado que a Apple interrompeu seu costume de lançar um novo iPad no segundo trimestre e espera o segundo semestre para estar melhor posicionada frente a seus competidores para as festas de fim de ano.

“O lançamento de um novo iPad concentra sempre o interesse dos consumidores pelos tablets, e tradicionalmente isso ajudou a Apple e seus competidores”, comentou Tom Mainelli, diretor de pesquisas da empresa.

A sul-coreana Samsung se manteve no segundo lugar durante o segundo trimestre, com 8,1 milhões de tablets vendidos (cerca de quatro vezes mais que um ano antes, mas 8% menos que no primeiro trimestre) e sua parcela do mercado chegou a 18%.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo