Descontrole representa 28% dos calotes

Por Carolina Santos
Calçados estão entre produtos que  levaram à inadinplência | José Cruz/ABr Calçados estão entre produtos que
levaram à inadinplência | José Cruz/ABr

O descontrole financeiro cresceu no segundo trimestre do ano e passou a representar 28% dos casos de inadimplência dos consumidores, e é a segunda razão para o atraso no pagamento de contas. No primeiro trimestre do ano, esse motivo era apontado por 24% dos inadimplentes, de acordo com pesquisa da Boa Vista Serviços, administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Apesar da variação, o desemprego segue em primeiro lugar como razão mais indicada para a inadimplência, com 30% dos casos, contra 31% nos três meses. Em terceiro lugar vem o empréstimo a terceiros, com 10%.

Os produtos que mais causaram inadimplência foram móveis, eletrodomésticos e eletrônicos, com 15%, mesmo percentual de roupas e calçados. Já 14% mencionaram a compra de produtos ou serviços relacionados à alimentação.

De acordo com levantamento, 30% dos entrevistados têm entre duas e três contas em atraso, enquanto 21% têm quatro ou mais.

Além disso, 33% das dívidas não pagas estão abaixo de R$ 500, e outros 33% dizem dever entre R$ 500 e R$ 2 mil. A pesquisa indica ainda que 15% têm dívidas entre R$ 2 mil e R$ 5 mil e 19% acima de R$ 5 mil.

Loading...
Revisa el siguiente artículo